quinta-feira, 27 de setembro de 2007

POLÍTICA DE QUINTA

Como foi determinado por um córum de lesmas pensativas, quinta-feira é dia de POLÍTICA DE QUINTA - um resumo sobre o que aconteceu na magnífica política brasileira na semana corrente.

Na última terça-feira, começou a migração de senadores eleitos pela oposição rumo à base do governo, fato extremamente normal e comum em todo o mundo, já que todo partido em governo "engorda" e todo partido em oposição "emagrece". Esse troca-troca partidário não poderia acontecer em melhor hora, já que esse crescimento de senadores pode garantir maioria qualificada do Palácio do Planalto na Casa - podendo, teoricamente, chegar a 51 senadores. - número suficiente para aprovar emendas constitucionais, como a da prorrogação da CPMF. Ou seja, o imposto que era pra ser provisório, vai se tornar permanente. O bom é que eles não vão nem precisar trocar o nome do dito cujo.
Mas nem tudo no Senado Federal é vergonha. Na tarde de ontem, o Senado aprovou o fim das sessões secretas no caso de perda de mandato. Depois da palhaçada que foi a votação pela perda do mandato do Senador Renan Calheiros, os Senadores enfim perceberam a hipocrisia que é o voto secreto, o que enche a população de esperança, caso o Presidente do senado vá a outra votação.

Pra não dizer que só se fala em Senado, devo falar de um fato que passou despercebido pela imprensa e consequentemente por toda a população brasileira: o fato de que o ex-ministro da Fazenda e atual deputado Antônio Palocci, possuía dois CPF's enquanto ocupava o cargo de ministro, e provavelmente os tem até hoje. A pergunta é: como, e por que isso não foi divulgado?
A cara-de-pau dos políticos desse país é tanta, ao ponto do ministro da fazenda cometer um crime contra a ele mesmo, à nação, e à instituição que ele mesmo liderava! Ou existe outro motivo para se ter dois CPF's se não for para sonegação fiscal?

Diretamente de Brasília, Luciana Lobato.

6 comentários:

Luciana Lobato disse...

gente, deixa eu falar!
eu tenho que admitir que escrevi tudo isso só pra terminar com esse DIRETAMENTE DE BRASÍLIA.
uhaauahauhauahauhauahauhauahuahauhauahauhauahauhauahauha
to me achando!
prometo que nas proximas vezes que eu postar não escrevo mais, é q não consegui me controlar, diante de tanta empolgação com o primeiro post.

Bruna disse...

Deixa de frescura Luciana, toda vez que você postar tem que por o diretamente de brasília. Uhauahuaauahaua!
Mas eu achei ótimo, alguem aqui tinha que começar a falar sério (essa observação serve pra mim)!
Porra, dois cpf's? Juro que nao sabia disso. Interessante pra uma estudante de jornalismo, não?
Mas o senado é uma palhaçada e ponto.
Alguém aí leu a veja dessa semana?
Ou assistiu o Jô na quarta-feira?
Nosso senador em alta, nos envergonhando e nos matando de raiva.
Líder do Governo de cu é rola.
(nunca entendi essa expressão mas vou usá-la hoje)

Adorei Lu.
continuaaa!

pimentel disse...

Nunca na hisória deste País um site teve uma correspondente-lesma direto de Brasília...

jotapê disse...

é pra fazer compra online, oras!
mercadolivre, amazon, essas coisas assim. tem que entender que é uma autarquia que precisa preservar sua imagem. uhauahauhauaha

Anônimo disse...

É a Bruna

Aldenor, dá pra parar de usar o vocabulário Lulês?

Vamos pra Babylon gente?

laninha. disse...

eu não vou mentir: acho um LUXO ter uma correspondente de brasília e ponto.
e deve siiiiim colocar de onde é, ora.
o JP, que tb tá longe, tb deveria registrar de onde fala!