segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

O jornalismo precisa de vocês.

Quer ver uma coisa engraçada?
O curso de Jornalismo da UFRR.

Sabe aqueles alunos mais brilhantes? Aqueles que enchem a gente de orgulho? Aqueles que a gente aposta que serão os novos Caco’s Barcellos da geração atual?
Eles são os primeiros a pular do barco em movimento.

E pra quem duvida, converse com alguns dos integrantes do Blog.
Eu tomo um susto a cada dia. A Cora desistiu de jornalismo vai ser arquiteta. A Elânia me assustou mais ainda, quando resolveu se aventurar pelos caminhos da justiça e cursar Direito. Cristofer, como já era de se esperar, resolveu continuar com a Publicidade. Willame, há um semestre de concluir Comunicação Social tem estampado em letras garrafais “JORNALISMO?” como porta de entrada do seu perfil no orkut.

Meu Deus! Agora tudo faz sentido!Agora entendo a existência de Roraima Hoje’S e Mete Bronca’S no mundo. Entendo porque o jornalismo é tão covarde, sem ética, sem moral, sem escrúpulos... porque os melhores acabam deixando tudo pra lá, saindo fora enquanto há tempo, enquanto não se corrompem...
Mas como toda regra há uma exceção, sobrou o Aldenor pra contar a história deles. Dos melhores. Dos guerreiros.
Parem com isso! Não me abandonem!!! Refaçam suas matrículas e vamos mudar o mundo! ¬¬
Tudo bem, sem forçar!



A única coisa que me conforta é que a Brescia decidiu presentear o DF voltando a estudar Jornalismo.


A minha falta de prática na escrita é latente, não?

4 comentários:

Cora disse...

Pior é que coloquei Jornalismo como segunda opção e o meu nome ainda aparece na lista dos pré-aprovados!!
Afff!!

Mas sabe é um curso bom (em qualquer outro lugar do Brasil) pena que não é levado a sério aqui, e não estou falando só dos alunos!

Cansei de ser enganada. Vou fazer o meu destino agora!
(nem que seja voltar pra essa porra, se der merda nos meus outros planos)

Welington Batista Hendges disse...

Muito coeso seu texto, mas viver do jornalismo em Roraima é impossivel.
Os que desistiram com certeza não vêem retorno profissional na Profissão no Estado.
Estou Morando a 4 meses em Manaus e ganhando bejm mais que se ganha em Boa Vista e não preciso me prostituitir e nem bajular em um gabibete.
E como já me disse o meu bom e velho amigo Avery Verissimo (amigo de infância) "Ganha-se mais abaixo da linha do Equador"

pimentel disse...

Nesse curso, a gente se surpreende mesmo!
Às vezes, aqueles por quem ninguém dá nada, de mansinho, vão lá, tomam a nossa vaga no mercado de trabalho e fazem um trabalho brilhante.

Confesso que entrei nesse barco por falta de escolha (não era bem Jornalismo que eu queria)! Mas me apaixonei! E agora é a única coisa que sei fazer na vida! Ou é isso, ou morro de fome!

Bom, espero vê-los no próximo semestre (pra mim, se tudo der certo, será o último). E mesmo que desistam do curso, vamos mudar o mundo! Sejam vcs jornalistas, arquitetos, advogados ou publicitários...

Mariana Lima disse...

aha... que engraçado isso.
faço jornalismo e volta e meia penso seriamente em largar, mas nunca o faço. que coisa!